Notícias

05/04/2017 - 14:54

Congresso da Fenapsi começa neste sábado

CFP será representado pelos conselheiros Rogério Giannini e Norma Cosmo

Manutenção de direitos históricos e precarização das relações de trabalho serão dois dos temas debatidos durante o Congresso Nacional da Federação Nacional dos Psicólogos (Fenapsi), marcado para 7, 8 e 9 de abril, em São Paulo. O tema deste ano é “Psicólogas/os contra a precarização: Fenapsi na luta pela valorização da categoria e por mais direitos!”.

Os participantes do congresso pretendem definir a linha política para a entidade, elaborar e votar as lutas da categoria até 2020, eleger e empossar a direção nacional e o conselho fiscal da gestão 2017-2020 e analisar as contas atuais.

O Conselho Federal de Psicologia (CFP) será representado no congresso pelos conselheiros Rogério Giannini (presidente) e Norma Cosmo (tesoureira).

Confira a programação
Psicólogas (os) contra a precarização: Fenapsi na luta pela valorização da categoria e por mais direitos!

DIA 1 – SEXTA-FEIRA – 7/4/2016
16h – Credenciamento

18h30h – Boas-Vindas
19h – Abertura
Fernanda Lou Sans Magano, Federação Nacional dos Psicólogos (Fenapsi); Representante da Comissão Organizadora do Congresso; Maria Aparecida Faria, Central Única dos Trabalhadores (CUT); Maria Claudia Santos Lopes de Oliveira, Fórum de Entidades Nacionais da Psicologia Brasileira (FENBP); Rogério Giannini, Conselho Federal de Psicologia (CFP); Sandro Alex de Oliveira Cezar, Confederação Nacional dos Trabalhadores em Seguridade Social (CNTSS)
20h – Palestra: Os governos e os trabalhadores: conjuntura política, pacotes de austeridades e ajuste fiscal
Maria Aparecida Faria, Central Única dos Trabalhadores (CUT); Josué Augusto Amaral Rocha, Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST); Guilherme Paulo Salvador, jornalista da Rede Brasil Atual
21h30h – Jantar

DIA 2 – SÁBADO – 8/4/2016
8h – Mesa-redonda 1: Terceirização, baixos salários e Reforma da Previdência: chega de precarização!
Walkes Jacques Vargas, Sindicato dos Psicólogos do Mato Grosso do Sul; Lourdes Aparecida Machado, Sindicato dos Psicólogos de Minas Gerais; Marinaldo Silva Santos, Sindicato dos Psicólogos do Rio de Janeiro
10h30h – Grupos de trabalho
12h00h – Almoço
14h – Mesa-redonda 2: Quem somos nós? Em que contexto o conservadorismo precariza nossas vidas e trabalhos?
Avanço da onda conservadora no Congresso Nacional/Laicidade na Psicologia – César Fernandes, Sindicato dos Psicólogos do Paraná;
Gênero e raça – Gloria Maria Vieira Ventapane, Sindicato dos Psicólogos da Bahia;
Criminalização da pobreza, da juventude, da loucura – Shirlene Queiroz de Lima, Sindicato dos Psicólogos da Paraíba;
16h – Grupos de trabalho
16h – Término do credenciamento
17h30 – Coffebreak
18h – Mesa redonda 3: Como organizar a resistência dos psicólogos à precarização?
Fernanda Lou Sans Magano, Sindicato dos Psicólogos de São Paulo; Vânia Maria Machado e Gissele Cristina Pinto, Sindicato dos Psicólogos de Santa Catarina; Everton Calado, Sindicato dos Psicólogos de Alagoas
19h30 – Grupos de trabalho
21h30h – Jantar
Livre – Reunião da Comissão de Sistematização

DIA 3 – DOMINGO – 9/4/2016
8h às 12h – Plenária final
12h – Almoço
14h – Análise das contas
15h – Eleição
15h30 – Posse
16h – Coffee break

Com informações da Fenapsi