Fale conosco

Dúvidas frequentes sobre o tema: Avaliação Psicológica

1) Quais testes psicológicos são favoráveis para o uso?

Para ter acesso à relação de testes psicológicos com avaliação final favorável, ou seja, os testes psicológicos em condições de uso, basta acessar o SATEPSI no link: satepsi.cfp.org.br. Nele é possível encontrar a lista completa dos testes, a lista dos testes psicológicos aprovados para uso, a lista dos testes desfavoráveis, e a lista dos testes sem avaliação do CFP. Além disso, é possível ter acesso a várias outras informações sobre o processo de avaliação dos testes psicológicos realizado pelo CFP e CRPs.

2) Quais testes psicológicos são indicados para utilização em avaliações psicológicas?

O Conselho Federal de Psicologia – CFP, como órgão regulamentador, orientador e fiscalizador do exercício profissional do psicólogo, não indica testes ou técnicas para uso profissional para não preferir um em detrimento de outro. Os testes psicológicos são aprovados pelo CFP por possuírem os requisitos mínimos que atestam sua qualidade técnico-científica. É responsabilidade da(o) psicóloga(o) fazer a escolha do teste mais adequado ao contexto da avaliação e a população que se está avaliando e investigar quais são os procedimentos, os meios e as técnicas mais adequados para o contexto de seu trabalho, uma vez que o CFP defende a autonomia profissional dos(as) psicólogo(as) quanto a escolha dos testes, em consonância com a Resolução CFP nº 002/2003. Para esclarecimentos de questões técnicas, sugerimos que seja realizada uma consulta em artigos científicos, universidades ou ao Instituto Brasileiro de Avaliação Psicológica – IBAP (www.ibapnet.org.br).

3) O que fazer com divulgações ilegais de testes online?

Os testes psicológicos constituem-se um método ou técnica de uso privativo do psicólogo, conforme dispõe a Lei 4119/62, e seu uso por outros profissionais que não estejam habilitados e credenciados para esse fim, incorre em contravenção penal do exercício ilegal da profissão, em consonância com o art. 47 da Lei das Contravenções Penais Decreto-Lei nº 3688/41. O Conselho Federal de Psicologia, por reconhecer a Avaliação Psicológica como um tema especialmente caro à categoria que representa e por sua preocupação com a sociedade e os que a integram, entende que a divulgação desses instrumentos e seu uso de forma indevida, técnica e eticamente, podem acarretar sérios riscos à sociedade. Assim, em casos de denúncias de sítios com a divulgação indevida de testes, orientamos que contate primeiramente a Comissão de Orientação e Fiscalização do seu CRP, que adotará as providências para o cumprimento das Resoluções 002/2003 e 005/2012, em suas respectivas jurisdições, procedendo à orientação, à fiscalização e ao julgamento. Por fim, informamos que o Conselho Federal de Psicologia lançou uma campanha nacional para conscientização de profissionais e estudantes sobre o uso de testes psicológicos, conforme matéria disponível em http://site.cfp.org.br/campanha-do-cfp-quer-barrar-banalizacao-de-testes-psicologicos/. Além disso, nos sites do CFP e do Sistema de Avaliação de Testes Psicológicos (SATEPSI) há uma Nota Técnica sobre o uso indevido de Testes Psicológicos, que poderá orientar a categoria.

4) Gostaria de obter informações sobre os testes que não são mencionados na página do SATEPSI.

O Conselho Federal de Psicologia informa que os testes que não estão mencionados na lista do SATEPSI não foram recebidos pelo CFP para a análise da Comissão Consultiva em Avaliação Psicológica, prevista na Resolução CFP nº 002/2003.  Dessa forma, esclarecemos que o uso profissional por psicólogos destes testes não é permitido, salvo os casos de pesquisas, conforme Art. 16 da Resolução CFP n° 002/2003: “Art. 16 - Será considerada falta ética, conforme disposto na alínea c do Art. 1º e na alínea m do Art. 2º do Código de Ética Profissional do Psicólogo, a utilização de testes psicológicos que não constam na relação de testes aprovados pelo CFP, salvo os casos de pesquisa”. Assim, caso não encontre o teste desejado, sugerimos que o (a) senhor (a) procure os responsáveis pela comercialização desse teste e solicite que seja enviado à análise do CFP, pois os testes que não foram analisados pelo CFP não estão aprovados e, por isso, não podem ser utilizados para fins profissionais.

5) Aquisição de testes psicológicos

Informamos que a função do CFP é de orientar, fiscalizar e regulamentar a profissão de psicóloga(o) e, nesse sentido, cabe ao CFP aprovar testes, tendo em vista a necessidade destes possuírem os requisitos mínimos que atestam sua qualidade técnico-científica, entretanto não temos ingerência sobre a comercialização de testes. Esclarecemos que é de competência das Editoras ou autores responsáveis a comercialização de tais materiais.  Essas informações encontram-se disponíveis no site do SATEPSI (satepsi.cfp.org.br), ao lado de cada teste. Assim, orientamos que o(a) senhor(a) entre em contato com a Editora ou autores para mais informações sobre aquisição do material.

Ainda com dúvidas nesse tema?