CEP ¬ Seminário de Curta Duração : Obsessiva neurose: entre a defesa e a repetição

CEP ¬ Seminário de Curta Duração : Obsessiva neurose: entre a defesa e a repetição

1. O traço obsessivo como atributo civilizatório e suas distinções da defesa neurótica 2. A neurose obsessiva – o horror ao desejo do outro e suas caricaturas 3. Efeitos da transferência – elementos para uma clínica não obsessiva

  1. Docentes: Marcelo Francisco de Mello e Nelson Cristini Júnior.
  2. O que a neurose obsessiva nos informa sobre a condição humana? Retomando o ensino freudiano, sobre as neuroses de transferência, situamos a questão obsessiva como um atributo mantenedor da vida frente ao desamparo e ao mundo hostil. A civilização deve sua gênese e manutenção ao traço obsessivo do humanóide que, submetido ao mal-estar, arma seu psiquismo inventando o processo civilizatório, ao mesmo tempo em que se defende dele, fazendo-se, assim, humano. A neurose obsessiva, com sua face patética (caricaturando o pathos psíquico), exige uma metapsicologia que perpasse, mas não se detenha nas formas do sintoma. Essa discussão se faz necessária para escaparmos das convocações obsessivas na transferência que tendem a atualizar a condição humana do analista, justamente naquilo que, por necessidade social, burocratiza os afetos e inviabiliza o trabalho analítico.

Informações Gerais:

Inicio do evento: 14/03/2017 19:00

Fim do evento: 28/03/2017 22:00


E-mail: cep@centropsicanalise.com.br
Site: www.centropsicanalise.com.br
Telefone: (11) 3864-2330
Endereço: Rua Almirante Pereira Guimarães, 378 - Pacaembú