Notícias

29/06/2017 - 16:12

Democracia, saúde mental e violação de direitos humanos

Evento ocorre na Universidade Federal de Santa Catarina entre 28 e 30 de junho

Este é o tema do 3º Fórum Brasileiro de Direitos Humanos e Saúde Mental: democracia, saúde mental e violação de direitos humanos. O evento, que termina nesta sexta-feira (30/6), na Universidade Federal de Santa Catarina, em Florianópolis, é organizado pela Associação Brasileira de Saúde Mental (Abrasme).

O fórum é parte da agenda anual da saúde e ocorre em ano pautado por anúncios de medidas radicalmente contrárias ao avanço dos sistemas públicos, numa perspectiva de retrocesso, crise de valores, paradoxos econômicos, convulsão social e insatisfação popular com governos.

O presidente do Conselho Federal de Psicologia (CFP), Rogério Giannini, as (os) conselheiras (os) Rosane Granzotto e Paulo Aguiar e a coordenadora da Comissão Nacional de Direitos Humanos (CNDH) do CFP, Ana Luíza Castro, participaram da abertura, dia 28. Na sexta-feira (30/6), Ana Luíza Castro e Paulo Aguiar vão coordenar debate sobre os 20 anos de lutas da CNDH/CFP.

O fórum está estruturado em 12 eixos temáticos, como solidariedade e vulnerabilidade, ética, política e bem estar coletivo, saúde mental e atenção psicossocial, entre outros.

Estudantes e profissionais, gestores e usuárias (os) dos serviços de saúde estão participando de palestras, conferências, minicursos, oficinas e atividades culturais.

O CFP montou um estande institucional no evento, com folhetos, livros e exposição de vídeos.