Notícias

04/12/2017 - 12:09

Instituto de Psicologia da USP publica moção de apoio à Resolução 01/99

Documento foi aprovado por unanimidade por corpo docente

A Congregação do Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo (USP) aprovou por unanimidade moção de apoio à Resolução CFP 01/99, que estabelece normas de atuação para psicólogas e psicólogos em relação à questão da orientação sexual. O documento é assinado pela diretora da entidade, Marilene Proença Rebello de Souza, ex-conselheira do CFP.

Segundo o texto, aprovado no dia 23 de outubro de 2017, a congregação entende que, “contra a posição do juiz federal, defendemos e legitimamos a Resolução CFP 01/99, considerando que com ela o Conselho cumpre sua função de regular o exercício profissional e proteger a população que recorre às práticas psicológicas”. A moção de apoio declara, ainda, que o CFP “convida psicólogos (as) a usarem o conhecimento para combate discriminações e estigmas contra comportamentos ou práticas homoeróticas (…) convoca a agirem em direção contrária à atribuição de patologias às condutas homoeróticas. Por fim, (…) orienta os e as profissionais a não adotarem ações coercitivas para encaminhar homossexuais para tratamentos não solicitados”.

Leia aqui a moção de apoio na íntegra.