Notícias

21/10/2015 - 13:00

Piso dos Psicólogos é aprovado em comissão na Câmara

Projeto de Lei 1.015/2015 segue agora para a Comissão de Finanças e Tributação daquela Casa

A Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público (CTASP) da Câmara dos Deputados aprovou, nesta quarta-feira (21), por quase unanimidade, o Projeto de Lei 1.015/2015 que dispõe sobre o piso salarial de R$ 3.600 para psicólogos. A matéria, que já tinha parecer favorável desta mesma comissão, estava sendo colocada em pauta naquele colegiado desde o dia 13 de outubro. O único voto contrário à proposição foi do deputado federal Leonardo Monteiro (PT/MG).

A relatora do projeto na Comissão foi a deputada federal Flávia Morais (PDT/GO), que emitiu parecer favorável à proposta desde o dia 25 de agosto desse ano. Em seu texto, ela observa principalmente a necessidade de valorizar o profissional da Psicologia, “uma profissão que merece um piso salarial condigno com a sua complexidade e importância, devendo, inclusive, ter reajustes periódicos planejados de modo a permitir que esse profissional possa se concentrar na melhora dos seus pacientes, além de ampliar seu conhecimento por meio de mais capacitação”, diz o relatório da parlamentar.

Para a presidente do Conselho Federal de Psicologia (CFP), Mariza Monteiro Borges, mais uma etapa para a transformação do piso em lei para psicólogos e psicólogas foi superada, pois, agora, a proposição ainda segue para as comissões de Finanças e Tributação (CFT) e Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJC). Na CCJC, sua tramitação será em caráter conclusivo e a proposta somente irá para apreciação do plenário da casa se for apresentado algum recurso para isso. Depois, o projeto irá para a análise dos senadores, tendo como último passo a sanção pela presidente da República.

Mariza explica que o trabalho agora é continuar mobilizando os conselhos regionais e a categoria como um todo para acionarem os deputados integrantes desses respectivos colegiados, a fim de que a matéria tenha uma tramitação rápida rumo ao Senado Federal. “Continuaremos nossa tarefa de procurar os deputados presidentes e integrantes das comissões para explicar a nossa luta e a importância vital que esse projeto de lei terá para a categoria, que ainda não dispõe de um piso, diferentemente de outras”, ressaltou.

Comentários

74 comentários

Vamos a Luta

Denise da Costa Pinheiro Nóbrega Pachêco - 21/10/2015 14:09

Estou muito feliz com essa conquista. Espero sensibilização maior de nossas autoridades para que enfrentemos nosso profissão com orgulho, afinco e responsabilidade!
Queremos nosso Conselho Federal de Psicologia tendo vitórias constantes para a nossa categoria num momento tão desafiador para nosso país e nossa profissão.
Sigamos adiante!

Tamiris Ferreira - 21/10/2015 14:13

Acredito que seria interessante ter a seguinte frase como título dessa matéria:Piso dos psicólogos que trabalham em regime CLT é aprovado em comissão na Câmara. Isso faria com que a expectativa dos demais não fosse frustrada ao descobrirem que a lei não se estende para os demais.

Vânia Lima Chaves - 21/10/2015 14:14

Pela valorização do nosso trabalho!

Vânia Lima Chaves - 21/10/2015 14:15

Pela valorização do nosso trabalho.

André de Souza farias - 21/10/2015 19:18

Se deve o CRP fazer uma entrevista trazendo a importância, não apenas no Facebook, e manda para todas as faculdades um cartas com informação inclusive com euem foi contra!!! Mas um detalha ao posta, deixar o link para compartilharmentor

Muito justo ! Cuidamos de tantas pessoas e podemos nos cuidar por ganharmos tão pouco.

aridelso - 21/10/2015 23:23

Espero que nossa Presidenta sancione esta lei que é de fundamental importância para categoria. Visto que é mais um passo para a valorização da profissão.

Olha que ótima notícia filho….

Que notícia boa filho….

Com todo respeito, discordo totalmente desse piso salarial… esse piso não corresponde nem 5 salários mínimos e com o aumento do salário mínimo não alcançará nem 4 salários mínimos…
Porque não mantiveram a luta pelos 4.650,00?

A semana de trabalho na CLT é de 44 horas. Um piso de R$ 3.600,00 pela variação acumulada do Índice Nacional de Preços ao Consumidor – INPC? eu preferia a redução das 30 horas.

Alexandre B. Fonseca - 22/10/2015 9:06

Parabens pela atuaçao, CFP. CONTINUEM MOBILIZADOS E PRESSIONANDO. Precisamos da aprovaçao deste piso.

Victoria de Oliveira - 22/10/2015 10:15

Adorei!! Muito bom saber disso!

Walter dos Santos Filho - 23/10/2015 9:52

Parabéns a tdos os que estão enganjados nessa conquista.

Clara Diniz Rezende Ferreira - 23/10/2015 20:02

Mais um passo para uma grande vitoria.

Feliz por essa vitória! não importa se é apenas uma etapa, afinal, toda caminhada só se concretiza a partir do primeiro passo. “Suba o primeiro degrau com fé.Não precisa ver toda a escada.Primeiro você precisa subir o primeiro degrau.” Luther King

Alisson Brusco - 23/10/2015 20:57

Agora você terá uma namorada rica!
Bom final de semana.
Espedita

Alisson Brusco - 23/10/2015 20:59

Bom final de semana.
Espedita

Esse piso salarial é para profissionais do serviço público?

José Brasílio Gnecco - 24/10/2015 1:58

Se as entidades corporativas (CRPs e CFP), sindicais e demais representantes e defensores de nossa profissão, fizessem pressão junto ao MEC para fechar as graduações picaretas de psicologia, essas que formam psicólogos de baixo nível, como também, implantassem provas como a da OAB e do CRC, o número de psicólogos jogados todos os anos no mercado diminuiria e sua qualidade aumentaria, com isso nosso salário seria bem melhor.

Ana Carolina dos Santos Oliveira - 24/10/2015 7:59

Que bom! Parabéns Mariza e toda a equipe do CFP.

Rosangela Brandao - 24/10/2015 10:16

Sou psicóloga, servidora pública . Meu vcto básico é 2.262. Nao entra ai os triênios e gratificação de insalubridade. Minha dúvida é: É “SÓ” o vcto básico que consideramos como piso salarial e que sofrerá alteração para 3.600,00? Gratíssima.

ines gonçalves - 24/10/2015 12:40

É necessário que alguem pense e lute por nós psicologos

Rafael Sales - 24/10/2015 13:42

Talvez ainda mais importante do que as 30 horas, assegurar o piso da categoria é uma grande conquita. Infeliz o voto do Sr. Leonardo Monteiro (PT/MG) que não reconhece o valor do profissional psicólogo. Adicionarei o nome do Exmo. deputado a minha listinha de “políticos em quem não voto”. Importante passo foi dado na conquista do piso salarial, motivo de comemoração contra a exploração trabalhista do psicólogo.

Maria das Dores C. da Silva - 24/10/2015 19:22

Louvável o reconhecimento da Comissão do Trabalho em busca de um piso salarial mais digno para categoria de psicologia que trabalha na alma do sujeito; para mim não tem preço, ainda mais eu que custeie minha graduação com muito sacrifício. Hoje trabalho na Saúde Mental e não ganho nem a metade de R$ 3.600, ás vezes choro de tanta decepção, o que me consola é o amor pela profissão no cuidado com o outro.
Vamos esperar o final.

Joelma Lima - 25/10/2015 7:52

Tomara que este Projeto seja aprovado logo! Precisamos valorizar mais a nossa categoria, é tão difícil poder ampliar nossos conhecimentos e manter um serviço de qualidade para os pacientes com uma remuneração desigual.

ivaneide vilela de Faria - 25/10/2015 17:34

Nossa , ótima notícia. Vamos em frente, buscar nossos direitos , afinal nossa categoria esta precisando a muito tempo. Parabéns a presidente do conselho e demais membros e a deputada nosso muito obrigada. Não vamos nos esquecer.

Rosângela GUimarães Tavares - 25/10/2015 18:54

Excelente, vamos vencer, O conselho está de parabéns pela luta. Somos gratos.

Raphael Di Lascio - 25/10/2015 21:55

Parabéns pela conquista, mas esse é um passo de muitos outros que ainda precisamos dar. É mais do que justo e necessário esse piso salarial pois precisamos cada vez mais valorizar nossa profissão, é uma calamidade vermos colegas nossos ganhando 1.000,00 reais ou até menos por mês para conseguirem sobreviver. Precisamos continuar essa luta até termos essa lei definida e homologada para que todas as instituições e organizações tenham que cumprir.

Muito bom essa conquista, mas muitas das vezes nao vale para os municipios, onde as prefeituras pagam o salario estipulados por eles.

Drª Leila Sara J. Chamat - 26/10/2015 15:39

Até que enfim surge um parecer favorável para nós psicólogos.

vitoria ribeiro de souza - 26/10/2015 16:00

Eu quero parabinizar os parlamentares por essa aprovação quase unanime…brigada pelo o reconhecimento a nós profissionais da area!

vitoria ribeiro de souza - 26/10/2015 16:03

avançamos, mas precisamos ir além!

Raimunda Amelia F, do Prado - 26/10/2015 17:25

Boa Noite!
É de suma importancia um piso salarial para nossa categoria. Nosso trabalho é muito desvalorizado.Chega ser humilhante para o (a) profissional Pícólogo (a), receber uma proposta para trabalhar ganhando R$12 por hora. Vai ser grande vitótia quando conseguirmos.

Raimunda Amelia F. do Prado.

CRP 97/444

Andréa Paludo - 27/10/2015 7:44

Olá, este valor refere-se a 30h ou 40h? E embora seja uma conquista, podemos considerar que ainda é um valor muito abaixo de outras profissões…

Anamélia - 27/10/2015 8:38

Este piso de R$3600,00 ainda está muito baixo. É o que ganha um profissional de nível médio no serviço público e, às vezes, ele ganha até mais que isso. Enquanto não tivermos respeito por todo investimento que fazemos em nossa carreira em termos de tempo, energia e custos de cursos, supervisão, psicoterapia, instrumentos etc pediremos pouco e ganharemos menos ainda. A Psicologia é um dos cursos que demanda mais investimento financeiro entre todos os outros. Acho essa atitude dos profissionais e da sociedade realmente lamentável.

Silvana Silveira Tavares - 27/10/2015 14:03

A valorização da classe tem que sair do papel. Os vencimentos do cargo, em sua maioria, gira em torno de R$1.700,00. Ainda se fala na jornada de 40 horas semanais, visto que assistentes sociais ou é de 30, ou 20 horas semanais. Percebo que ultimamente há uma desvalorização da formação do psicólogo para a de assistentes sociais. Há necessidade de mais articulação do Conselho Regional e Federal estabelecer sim piso salarial e jornada de trabalho, além de sensibilizar a classe para a sua devida valorização.

Denise Viana Goes - 27/10/2015 16:21

Apoio o piso salarial dos psicólogos como lei, pois é uma profissão muito importante para toda a sociedade e seus diversos âmbitos. E para que o trabalho seja sempre da melhor qualidade, o piso salarial é essencial para a constante atualização desses profissionais, já que, assim como os médicos, os psicólogos precisam estar atentos a todas às patologias possíveis que surgem e os tratamentos inovadores necessários para proporcionar saúde a toda a população, já que com um salário melhor, eles poderão proporcionar ainda mais tempo para o trabalho gratuito que já fazem. Há também a possibilidade importante para a economia do país: eles terão mais condições de pesquisar temas e tratamentos ainda não estudados, trazendo a capacidade de exportação de tais descobertas e importações de profissionais também competentes para contribuir com o estudo.
Resumindo: para mim, a psicologia é a ciência capaz de nos deixar bem quase todos os sentidos.

sebastiao de saouza e silva - 27/10/2015 19:17

Quero parabenizar este grande feito na gestão da Presidente Mariza, espero que continue conquistando terreno em prol da
nossa profissão, mais uma vez parabéns

Marivone de Queiroz Viana - 28/10/2015 7:25

A profissão mais merecedora de todo reconhecimento. Se os psicólogos, eu não estria bem. Pelo menosum piso salarial eles erecem, pois têm um trabalho bem complexo e árduo.

Marivone de Queiroz Viana - 28/10/2015 7:25

Piso salarial jà!

Cléia Sales - 28/10/2015 11:59

Acredito que essa consquista foi um grande passo, vamos aguardar as demais etapas, por favor coloquem a lista dos deputados, para nossa classe iniciar a sencibilização com todos.

Heldenízia Queiroz Viana - 28/10/2015 22:14

Piso salarial dos psicólogos já!

Heldenízia Queiroz Viana - 28/10/2015 22:15

Piso salarial já.

Renato Aparecido Leme Dias - 29/10/2015 9:48

Já está na hora da profissão ser mais reconhecida, pois se o salário da categoria for muito baixo como os profissionais poderão investir em cursos de especializações?
Além disso se esses profissionais não puderem estar sempre em busca de novos conhecimentos e terem uma renda compatível que possam investir nesses conhecimentos, a população é que vai ser prejudicada pois, irá se deparar com profissionais de baixa qualidade.
Sou a favor do piso, toda profissão deve ter e também sou a favor de provas para ingressar na carreira para peneirar os maus profissionais. Já está na hora de lutar pelas melhorias e esse é o primeiro passo.

Zaira Miranda - 30/10/2015 16:59

É isso aí. Precisamos articulação forte para o Piso salarial e a Jornada de Trabalho de seis horas. É desumano o psicólogo ter uma jornada de 40 horas. Nós
temos que estar bem para atendermos bem. Nós somos o nosso instrumento de trabalho. Ninguém dá o que não tem.

PARABÉNS A TODOS QUE VEM LUTANDO POR NOSSA CATEGORIA E CONSEGUINDO DE DEGRAU EM DEGRAU CADA VITORIA.

Fernanda Mascarin - 03/11/2015 15:39

Muito boa essa conquista, sim!
Mas o que fazer com os concursos públicos que contratam psicólogos para uma jornada de 40h/sem e pagam R$1.200, por exemplo?
Todo esse pessoal não será impactado pela conquista.

antonio silva - 03/11/2015 15:44

pq os mais medico podem receber 1o.ooo e os psis não?
valemos menos>

Flavio Indiano - 10/11/2015 7:05

Parabens pela evolução no tema! Ainda faltam jornada de trabalho; isonomia para todos os profissionais sejam CLT ou Estaturário e respeito pelo profissional!

Ana Luiza - 11/11/2015 21:34

Fiquei muito feliz por mais esta conquista. Vamos acompanhar cada passo, daqui pra frente. Vamos nos unir galera em prol a um bem em comum.

Arnaldo Mendes de Holanda - 14/11/2015 8:39

PL 1015/2015
Projeto de Lei

Situação: Aguardando Parecer do Relator na Comissão de Finanças e Tributação (CFT)

Autor
Dr. Jorge Silva – PROS/ES
Ementa
Altera a Lei nº 4.119, de 27 de agosto de 1962, que “Dispõe sobre os cursos de formação em psicologia e regulamenta a profissão de psicólogo”, para fixar o piso salarial da categoria.
13/11/2015 Comissão de Finanças e Tributação ( CFT )
 Designado Relator, Dep. Rodrigo Martins (PSB-PI)
16/11/2015 Comissão de Finanças e Tributação ( CFT )
 Prazo para Emendas ao Projeto (5 sessões a partir de 17/11/2015)
Atenção Psicólogos e Psicólogas já temos o novo Relator do Piso salarial o Deputado Rodrigo Martins do (PSB-PI).

Bom dia!
O piso salarial se estende a servidores públicos?
Grata.,

Bom dia,
O piso salarial se estende a servidores públicos?
Grata.,

Graciela - 25/11/2015 23:01

Pois é… Precismos… Vide link:
https://www.facebook.com/novaprovopar1/photos/pcb.952834641462094/952834464795445/?type=3&theater
PSS Psicólogo: R$640,00 / 15hs semanais

aurea de lima silva - 02/12/2015 11:08

Ótimo. Não só por cuidarmos, precisamos ganhar mais para investir nos estudos, conhecimentos, etc.. para cuidar melhor.

Michel Montelares - 28/12/2015 11:24

O piso de 3.600,00 será vinculado a 30 horas?

Bruno Franc - 06/01/2016 15:48

Vamos a luta, porque merecemos ter um salário digo, pois nossa atividade profissional também exige muito de nós!

É muito bom ouvir notícias assim, estudo psicologia e as vezes me deparo com diversos dilemas, e o salário é um deles, não consigo compreender como uma categoria tão essencial a sociedade, que coloca sua alma a disposição do outro ainda de encontra tão desvalorizada, acredito que um dia, assim como hoje poderei olhar e me orgulhar, não da profissão que por sí só se encarrega de fazer esse papel, mas pela valorização que lhe é dada.

Rosagela dos Santos Oliva - 13/01/2016 13:12

gostaria de saber se este piso vincula também servidores público e se a carga horária condiz com 30 hora e se seria possível que se o próprio conselho informasse as Prefeituras do Estado.Muito Grata!!

Fernanda Freitas Beltrão - 02/02/2016 14:18

Quem aprovou esse piso deve ser sustentado por seus pais. É vergonhoso um piso tão baixo, passa a imagem que psicologo é escravo e faz um péssimo trabalho, por isso não é valorizado. Acho que é terrível para os profissionais, por isso a maioria tem adotado outras profissões, não dá para viver da psicologia. Melhor fazer serviço social, fisioterapia ou terapia ocupacional, muito mais cuidadas por seus conselhos.

Luiz Colucci - 17/02/2016 9:41

Uma vergonha o “Salário que as Prefeituras pagam aos Psicólogos do Brasil. Quase um salário minimo para 5 anos de estudo. Que venha pelo menos um piso, e que seja cumprido pelo poder público.

claudia rosa - 26/02/2016 17:09

O piso de 3.600,00 ainda é pouco para nossa profissão, mas estamos caminhando, já é uma vitória, tb gostaria de saber se este valor estará atrelado a carga horária de 30 horas? abs

Gabriela - 21/03/2016 17:34

Geeeente, está mais do que na hora de fazermos alguma coisaoutra vez! não se se perceberam, mas parou nisso mesmo a nossa conquista… dessa aprovação não foi para frente…bora meu povo, vamos pensar algo pra adiantar esse processo… qualquer coisa entrem em contato comigo!

Michel Montelares - 04/04/2016 15:22

Nao seria mais interessante fixar o piso em uma proposta que incluisse a carga horaria de 30 horas semanais?

Vivianne Vargas - 21/06/2016 21:17

E até hoje nada resolvido! E quem trabalha por 36 horas, com salário péssimo e sem insalubridade na área da saúde ,vai sofrendo.

letícia - 27/08/2016 9:22

Gostaria de saber quando terá novo posicionamento sobre o piso salárial. Seria bom informar a qual carga horária está atrelada esse piso. Acredito que às 40h, é isso mesmo? Já que até o momento não há carga horária definida. Temos que lutar e não esquecer da nossa jornada de trabalho.

Ola! Gostaria de saber como anda a tramitação para aprovação desse piso salarial, pois já há algum tempo que não ouço mais nada a respeito do processo de aprovação. Obrigada.

Marcia da Nativiidade Olhero - 27/10/2016 19:32

Boa Noite !
Sou coordenadora Técnica de um projeto de Saúde Mental, no município de Ferraz de Vasconcelos, vejo a desvalorização dos profissionais Psicólogos com uma remuneração extremamente prejudicial à pessoa que cuida das mazelas da humanidade.
Acredito que é possível uma carga horária de 30 horas mensais e com um salário digno pelo trabalho de excelência que prestamos a nosso município, estado, nação brasileira que está ferida na alma.

Jorge De Araújo Vieira - 03/02/2017 21:12

Acredito que um piso salarial 3.600, não é lá grande coisa,mais é melhor do que nada.Realmente 30 horas semanais vem completar o desejo dessa classe tão sofrida como a classe dos Psicólogos (as).Vamos acreditar e falar com os nossos representantes estaduais,para nos representar em Brasília.

Jorge De Araújo Vieira - 03/02/2017 21:15

Acredito que ainda vejo a profissão dos Psicólogos sendo respeitada como tal!

Acredito que seja um absurdo o que está acontecendo com nossa classe de psicólogos. Uma jornada de trabalho de 40 horas semanais e salários ridículos. O assistente social tem o mesmo salário que o nossa e trabalha 30 Horas semanais. Com essa carga horário de 40 hs e baixos salários, fica difícil até nos capacitarmos. Nossa classe virou vítima de chacota, de piadas, estamos sim sendo desvalorizados a muito tempo. Cadê nossos representantes, será que eles recebem 1 mil e poucos reais e trabalha 40 horas semanal, como muito psicólogos tem trabalhado. Bem acredito que não. Que realmente as nossa representantes, retirem as coisas do papel é nos defenda, pois estamos adormecendo é isso ninguém vê.

regina maria - 24/03/2017 14:14

uma vergonha,esse piso mostra falta de respeito com o profissional,completa desvalorizacao profissional.lamento ainda passarmos por essa situacao perante outras categorias profissionais. onde estao nossos defensores sindicais?

Adicionar Comentário




Captcha *