Campanha Nacional de Direitos Humanos

Prêmio Profissional Virgínia Bicudo

Virgínia Leone Bicudo foi a primeira mulher a fazer análise na América Latina, a primeira estudiosa a redigir uma tese sobre relações raciais no Brasil e também a primeira psicanalista não médica no país. Integrou o primeiro Conselho Federal de Psicologia, sendo a ata de sua posse datada de dezembro de 1973, também é a pioneira de debates ainda hoje extremamente relevantes e necessários.

Em 2021, o Conselho Federal de Psicologia lançou o Prêmio Profissional Virgínia Bicudo como forma de enaltecer o pioneirismo e a valiosa contribuição para a Psicologia brasileira. A iniciativa pretende fomentar a divulgação de estudos e ações exitosas no campo da Psicologia e sua interface com as questões raciais.

O prêmio tem como objetivo identificar, valorizar e divulgar estudos e ações de psicólogas(os) e coletivos que envolvam a Psicologia e as Relações Étnico-Raciais fundamentadas nos Direitos Humanos e que tenham impacto na saúde mental, na redução das desigualdades sociais e no posicionamento antirracista.

 


Documentos

Regulamento

 


Notícias relacionadas

Prêmio Profissional Virgínia Bicudo: CFP abre inscrições em setembro

Prêmio Profissional Virgínia Bicudo: inscrições foram prorrogadas até 30 de novembro