Notícias

07/07/2015 - 16:11

99Taxis se retrata e retira publicidade citando profissionais da Psicologia

Em nota, empresa pede desculpas e ressalta “a importância crescente do papel do profissional da Psicologia no cotidiano”

99TAXISA empresa 99Taxis enviou à Ouvidoria do Conselho Federal de Psicologia (CFP) uma nota de esclarecimentos com pedido de desculpas a respeito de um material publicitário distribuído em alguns carros da frota. A publicidade contava com a frase “O psicólogo está caro? Converse com o taxista”, que gerou indignação dos profissionais da Psicologia e o envio de um ofício por parte do CFP à companhia.

De acordo com a nota, destinada “a toda classe de profissionais de Psicologia, seus colegas e admiradores”, a 99Taxis oficializou um pedido de desculpa “pelo material divulgado em alguns táxis”, reforçou que não houve a intenção de ofender e disse que, “infelizmente”, eles não perceberam “o desconforto que os adesivos poderiam causar para uma área tão valorizada da saúde”.

A companhia ainda ressaltou que os materiais estão sendo retirados desde quinta-feira da semana passada e respeita o trabalho dos profissionais da Psicologia: “Gostaríamos de aproveitar esta nota para ressaltar que não só reconhecemos, como admiramos a importância crescente do papel do profissional de psicologia no cotidiano, seja nos ambientes profissionais como na vida de diversas famílias e indivíduos da sociedade moderna”.

Abaixo, o texto do ofício do CFP enviado ao departamento de Marketing da empresa 99Taxis:

“Prezada Senhora,

1. Informamos que o Conselho Federal de Psicologia, cuja função precípua é orientar, disciplinar e fiscalizar o exercício profissional, e tudo o que a ele se relacione, teve conhecimento da campanha “O psicólogo está caro? Converse com o taxista”, que está sendo veiculada pela empresa 99TAXIS.

2. Esclarecemos que tal campanha vem sendo motivo de constrangimento a toda uma categoria profissional, que se sente desrespeitada diante da banalização que provoca em relação à representação de uma profissão que exige uma formação acadêmica sólida e contínuo aprimoramento, com uso de técnicas e métodos próprios da ciência psicológica.

3. Diante do exposto, solicitamos que esta campanha deixe de ser veiculada, pelo aviltamento à profissão de psicólogo, ao não considerar o preparo e a formação necessária para o exercício profissional.

4. Certos de sua compreensão, agradecemos desde já.”

Comentários

31 comentários
Dominique - 07/07/2015 17:55

Essa não é única:

“Formado em psicologia pela universidade da vida. Converse comigo!”

https://www.facebook.com/opsicologoce/photos/a.423473794367414.87278.423463174368476/849629578418498/?type=1&theater

E vai ficar só por isso mesmo?!? Um pedido de desculpa??
Tenho uma sugestão… Colocar aquela nota de esclarecimento no lugar de todos os adesivos e capa do encosto de cabeça (como a da foto)…

Laura Berbel - 07/07/2015 19:11

Mais uma dificuldade na nossa linda profissão

Regiane - 08/07/2015 9:44

Simples, processa todos por exercício ilegal da profissão, afinal estão oferecendo um serviço pelo qual não foram devidamente qualificados.

Adriana Kruger - 08/07/2015 15:51

Apenas um pedido de desculpas e fica por isso mesmo. Infelizmente estamos mal representados e por esse motivo campanhas e eventos como estes acontecem. Quando nós profissionais psicólogos teremos um Conselho que venha realmente nos representar? Gostei muito da sugestão da Dominique, de que a empresa coloque a retratação no lugar de todos os adesivos e capas do encosto de cabeça (da mesma forma que divulgaram a campanha). Será que vocês conseguem isso CFP?

Infelizmente nossa profissão não é reconhecida e valorizada, até hoje lutamos para que reconheçam a necessidade de nossos serviços , ainda lutamos por um salário digno , ainda imploramos por uma carga horária humanamente justa !!!

alex barra - 10/07/2015 19:19

Me preocupa essa decisão do CFP. Não sei até que ponto isso que foi feito é crime. Não sei se é crime. Isso fosse uma piada? Então, não poderia?! e a liberdade de expressão? é um pouco preocupante determinadas decisões tomadas sob o viés puramente corporativista. Daqui uns dias vão proibir os padres os fiéis. Resumindo: como psicólogo, admito muito mais que nossa profissão é complicada. Só!

Lucia Luppi - 10/07/2015 19:23

Apenas um pedido de desculpas nao ensina o respeito que nossa profissao merece. Que a empresa entregue os mesmos folhetos com o esclarecimento de que psicologia é ciencia e nao bate-papo !!! Um absurdo o pedido de desculpas somente.

Muito autoritário este Conselho de Psicólogos. Achei a frase de bom humor e inteligente.

Edilza W. S. Queiroz - 10/07/2015 22:09

Faço minha as palavras de Adriana Kruger. Ainda que não tenham percebido o absurdo da mensagem veiculada publicamente (será????),que desvaloriza e banaliza a profissão, a retratação deve ser pública também. Um simples pedido de desculpas em oculto à classe não é suficiente. Espero que o CFP se mobilize neste sentido.

Só retrata a valorização da profissão. Aberturas de cursos sem critérios, alunos medíocres. E o conselho apenas interessado em arrecadar

José Claudio Medici - 11/07/2015 8:26

Quando perguntado sobre os serviços de um advogado ou médico, por exemplo, a população não tem dúvidas. O mesmo infelizmente não acontece com a nossa profissão, pois frases como essas são comuns devido ao próprio senso comum que a população tem sobre nossa profissão. Realmente não acho que a 99 taxis deva ser processada por isso, pois ela simplesmente demostrou como que o senso comum ” entende” nossa profissão, ou seja, de forma banal! Que isso sirva de exemplo ao CFP, sobre como não há campanhas publicitárias sobre os nossos serviços esclarecendo a população de um modo geral e simplificado, quem de fato é o profissional de psicologia e as formas de atuação, desmistificando a idéia que psicólogo e ” para bater papo apenas” entre outras coisas. Precisamos divulgar em campanhas o destaque da importância dos profissionais de psicologia nas diversas áreas em que atuamos de forma clara e simples para que no futuro, frases como essa não existam mais, nem tampouco dúvidas da importância sobre os serviços que nossa categoria realiza.
Abraços.

Fernanda - 11/07/2015 9:15

Concordo plenamente com a ideia de que a retratação deveria ser pública. Se a empresa realmente valorizasse a profissão isso não deveria nem ser exigido, já teria feito. Como não fez o CFP deveria ter se colocado nesse lugar.

Claudia Oliveira - 11/07/2015 12:50

Minha sugestão é que o CRP exija da 99 Taxi uma campnhia cujo foco seja a valorização do profissional de psicologia. Por exemplo, colocando o seguinte anuncio em seu aplicativo “Vai à consulta com seu psicologo? use a 99 Taxi”.

Raimunda Amelia Ferreira do Prado - 11/07/2015 21:58

Concordo com a Bianca em todos os aspectos. Ao meu ver seria uma atitude infantil essa vingança de impormos a uma empresa algo como adesivos (outros). O fato ocorrido não foi na intenção de agredir a categoria, apenas falta de bom senso e a preocupação em vender seu serviço. Penso que a retratação foi suficiente. Quanto a sermos ou não bem representados, a votação para a escolha dos que estão a frente do conselho é sempre aberta a categoria, cabe a quem está insatisfeito se candidatar e participara da votação. Parto do principio que se não faço nada para melhorar não posso reclamar.

Patricia - 11/07/2015 22:31

Concordo plenamente com vocês Bianca e Adriana, nossa profissão é muito desvalorizada, já que não tem carga horária definida e nem mesmo piso salarial, logo, a realidade: são empresas, instituições e concursos públicos que pagam o que querem e pelas horas máximas (44h). A ironia é que, nós psicólogos trabalhamos para conscientizar nosso cliente/paciente para a busca de bem estar emocional e nós nos esgotamos emocionalmente implorando um salário digno, já que desde 2009 há um Projeto da PL de 30 horas e nada acontece em favor da nossa classe. E o CFP o que faz? Como pode o CFP não se manifestar sobre um salário tão baixo como o qual a Prefeitura de Saquarema/RJ está oferecendo ao profissional de psicologia? É uma “afronta” Que tipo de Conselho é este que desde 2009 aceita esta situação calada, sem “brigar”. Certamente algum ganho o Conselho tem para esta situação continuar assim e nós, profissionais que gastamos, investimos em livros, apostilas, congressos, não temos retorno financeiro digno!!! Fico bastante indignada e triste com esta situação de desvalor.

Francinete - 12/07/2015 19:25

Acho um absurdo tudo isso ! Desvalorização total…O conselho quase não faz nada….deveria abrir um processo e pedir respeito por todos os psicólogos… Taxistas deveriam estudar pelo menos pra saber se expressar melhor

JOSE CARLOS ANDRADE SILVA E SOUZA - 13/07/2015 10:01

Falta uma ação para disciplinar o mercado da publicidade e propaganda, a empresa que imprimiu a campanha de marketing, ou seja a gráfica etc devia ver a empresa se retratar através de anúncio e assim servisse de exemplo para o mercado!

Rosimeire - 13/07/2015 12:00

Nossa profissão não é reconhecida e continuará não sendo enquanto tivermos um conselho de classe que não nos representa como deveria. Este é um bom exemplo de falta de representatividade deste conselho.

A empresa de publicidade é quem deve ser chamada afinal ela vende ideia para os clientes.

dilci schneider - 14/07/2015 10:14

Acho que precisa haver maior esforço da Categoria com relação a informar maciçamente (insistentemente e em grande quantidade) a importância da psicologia na vida das pessoas, o que realmente faz, o que abrange e em que se diferencia. Cabe a nós esse papel de sabermos nos colocar diante da sociedade, do mesmo modo que quando orientamos nossos pacientes que sejam responsáveis pelo encaminhamento de suas próprias vidas, e que sem a sua vontade, nada acontece!

dilci schneider - 14/07/2015 10:18

aproveitando ainda…. salário de 1.500? 2.500? em repartições públicas… aaah só pode ser piada né? pelo que sei existe uma tabela de honorários que foi definida!! isso é tão afrontativo quanto o 99taxis fez

FERNANDO QUINTAS GUERRA - 14/07/2015 21:43

EU ACHO QUE O NOSSO CRP, NÃO PRECISA SER TÃO SEVERO, QUANTO AO EPISÓDIO DA 99taxiS.HOUVE UMA INSATISFAÇÃO POR PARTE DO CRP E O ERRO FOI CONSERTADO.SOBRE ESTE EPISÓDIO, ESTOU SATISFEITO COM O RESULTADO FINAL. MAS, GOSTARIA DE APROVEITAR E ME MANIFESTAR CONTRA O ENCAMINHAMENTO MÉDICO, USADO PELOS PLANOS DE SAÚDE, POIS ESTE PROJETO, FOI REPROVADO NO CONGRESSO,MAS PARA VOCÊ ATENDER O PACIENTE, TEM QUE PASSAR PRIMEIRO, POR UM MÉDICO.CADÊ A NOSSA AUTONOMIA, COMO PROFISSIONAIS INDEPENDENTES
|

Infelizmente a Psicologia esta em um caminho decadente, cursos medíocres, remuneração pífia, profissionais desqualificados, contribuem para a banalização da nossa profissão. Acredito que estamos seguindo o trilho do Serviço social, uma profissão desvaloriza e banalizada até mesmo com cursos EAD.

Karina Lanfredi - 16/07/2015 11:30

Achei pouco apenas esse pedido de desculpas. 99taxi deveria publicizar amplamente esse pedido de desculpas ou vamos processá-los por exercício ilegal da profissão.
E também concordo com os colegas que a maior parte da desvalorização da profissão de psicólogo é pela fraca atuação do Conselho. Antes de instituir as 30 horas, precisamos garantir um piso salarial nacional EFETIVO e REALÍSTICO. BORA TRABALHAR CONSELHO!!

Prezada Karina,

Você encontra novidades e informações sobre o PL do Piso Salarial dos Psicólogos em nosso site: http://site.cfp.org.br/piso-salarial/o-projeto/

Fabio Hokama - 26/07/2015 13:19

Acho justo a medida tomada pelo Conselho Federal de Psicologia,assim como é justo também o protesto,manifesto feito pelos taxistas contra o transporte feito pelos veículos de placa cinza indicados pelo aplicativo UBER que desvaloriza a classe de taxistas que pagam imposto, tem alvará de funcionamento,habilitação (condutaxi).

Tem profissional que não consegue ter equilíbrio como querem equilibrar os outros

Marcos Sonnenschein - 29/07/2015 1:40

Meus caros!
Aqui vos fala um taxista que sonha em se formar em psicologia.
Agradeço a 99Taxi por aumentar em 40% minhas corridas, e tornar esse sonho um pouco mais proximo…
O que a 99 fez foi uma campanha publicitaria com o intuito de gerar uma chance de um dialogo bem humorado entre nos taxistas e passageiros.
Lamento muito que tenha soado ofensivo a essa classe que tanto colabora com nosso país.
Mas sabe de cinquenta corridas que faço, pelo menos metade das pessoas nao esta propensa a conversar conosco, ou por nao estar num bom dia ou por ter tido uma pessima experiencia com outro taxista… e quando eh a segunda opção em alguns casos chega a ser constrangedor para mim…
Sabem o quanto preconceito sofremos com piadinhas de mal gosto do tipo “todo o taxista eh mal educado, malandro, desonesto e ate acusaçoes mais graves como tarado???
Somos generalizados por culpa de uma fração de ovelhas negras da nossa classe, assim como na de vcs tbm tem alguns indignos da profissão…
Nao cabe a nós taxistas processar essas pessoas por preconceito, assim como nao cabe a vcs processar uma empresa seria como a 99Taxi, por tentar criar um modo de quebrar esse tabu. Assim como vcs se ofenderam com a propaganda, nos nos ofendemos com alguns clientes que são desrespeitosos com nossa profissão.
A 99Taxi é uma empresa séria que nos cobra a documentação em dia, veiculo bem cuidado e nos repreende quando deixamos de executar nossa funçao cancelando corridas e cobrando valores indevidos. Portanto de forma alguma, acredito que a 99Taxi tenha tido o intuito de ofende-los.

Segundo alguns comentarios acima “deviamos ser processados por exercício ilegal da profissão”… Humpf! Como estariamos exercendo ilegalmente uma profissao se nao cobramos um centavo por isso Karina Lanfredi???
Tenham certeza que nós taxistas e tbm a 99Taxi temos muito respeito por nao só psicologos, mas profissionais de todas as areas.
Grato a atenção e desculpem o tamanho do texto.
PS.: Eu detesto os acentos do nosso idioma!

Joao Arnaldo - 07/08/2015 7:12

Infelizmente a nossa categoria anda mal representada. A atual conjuntura na qual passamos, parece ter deteriorado todas as áreas, inclusive a nossa. O que temos são taxas absurdas que temos que pagar todo o ano e não vejo nenhuma melhoria para nossa categoria. Apenas discurso e porque não dizer bla-bla-bla…
Precisamos ter realmente bons representantes, falo de maneira particular em relação ao CRP/PB.

Paulo Cesar souza - 22/08/2015 1:20

Sou taxista no Rio de Janeiro e gostaria de pedir desculpas a essa categoria , que conheço bem, essa CLASSE de profissionais cujo a qual respeito e admiro, mas não posso deixar de dizer que fiquei muito surpreso com a reação de algumas pessoas deste fórum, processar por exercício ilegal da profissão? , por que isso ? , nao seria um exagero? , será que esse é o único problema, injustiça, desprezo e completa falta de respeito que essa classe é submetida? . A hipocrisia que assisti aqui me assustou , quem nunca fez uma piada sobre uma profissão mesmo tendo respeito por ela? . Menos senhores e senhoras, daqui a pouco até as crianças serão processadas por brincarem de medica ou professora. Com certeza a 99taxis não teve a intenção de ofender ou minimizar a profissão de vocês e nem angariar mais clientes . Sejam coerentes agora desinstalem , quem tenha, um aplicativo de “taxis” que não seja regulamentado, não comprem mais cd’s ou dvd’s piratas, não baixem músicas ou filmes pela Internet, pois seus criadores não recebem direitos autorais quando isso é
feito . Acho que alguns de vocês tem coisas mais sérias para se preocuparem , aceitem as desculpas com coração aberto, se vocês estudaram tanto como algumas pessoas afirmaram e absorveram os ensinamentos vão entender a intenção da frase tão polêmica.

Hélio Pacheco de Gusmão e Silva - 04/09/2015 20:50

Prezadas(os) colegas psicólogas(os).
Li atentamente todos os comentários que, acredito sinceros, mas que alguns parece-me evidenciar desconhecimento do campo legal de atuação do Sistema Conselhos de Psicologia. E também seus limites. As decisões importantes tomadas pelo Sistema são muitos debatidas pelos conselheiros, sempre assessorados pelo setor jurídico.
Parece-me de muito valor a participação de todos nós, junto às várias Comissões dos Regionais. Aí passamos a ter conhecimento das inúmeras dificuldades que passam os conselheiros.
A meu ver, nossa classe está muito bem representada pela atual gestão do CFP.
Um forte abraço em todas(os)
Hélio Pacheco.

Adicionar Comentário




Captcha *