Notícias

14/01/2016 - 17:29

Atos em Brasília dizem “não” a retrocessos na política de saúde mental

Manifestações que iniciaram na parte da manhã seguiram em passeata pela Esplanada dos Ministérios

A chuva não desmobilizou as centenas de pessoas que se concentraram em frente ao Ministério da Saúde, nesta quinta-feira (14), com o objetivo demostrar insatisfação e pedir a exoneração do novo coordenador de Saúde Mental, Álcool e Outras Drogas do Ministério da Saúde, Valencius Duarte Filho.

Formado por usuários, familiares, profissionais e representantes de entidades e movimentos sociais ligados à luta antimanicomial e a Reforma Psiquiátrica, o grupo iniciou a mobilização na parte da manhã e à tarde realizou uma assembleia geral, de onde seguiu caminhando até a porta do Ministério da Saúde e depois em passeata pela Esplanada dos Ministérios.

Vice-presidente do Conselho Federal de Psicologia (CFP), Rogério Oliveira participou das mobilizações e ressaltou que a categoria continuará lutando para que não haja retrocessos na política de saúde mental. Militantes e pesquisadores, como Stella Goulart, Eduardo Mourão Vasconcelos e Ernesto Venturini, também reforçaram os atos realizados nesta quinta-feira.

Hoje, completa um mês, que representantes de entidades e movimentos sociais da Luta antimanicomial ocupam as salas da Coordenação de Saúde Mental, Álcool e Outras Drogas do Ministério da Saúde.

Confira falas de pesquisadores e representantes de entidades:

https://www.youtube.com/watch?v=W_ofwgs1jNs&list=PLnzjy4Y6S0CNmUbfPxWnZ02wjrecK8Sad&index=1

https://www.youtube.com/watch?v=LkeHUtzkNt4&list=PLnzjy4Y6S0CNmUbfPxWnZ02wjrecK8Sad&index=6