Notícias

11/02/2019 - 12:16

Psicologia presente em Brumadinho

Conselho Federal e Conselho Regional de Psicologia de Minas Gerais realizam oficinas de orientação nos dias 16 e 17 de fevereiro

Fonte: CFP

Durante a 313ª reunião do Conselho Nacional de Saúde (CNS), ocorrida na última quinta-feira (31), o trabalho das(dos) psicólogas(os) no atendimento às vítimas da tragédia da mineradora Vale, em Brumadinho (MG), foi reconhecido pelas(os) conselheiras(os) do CNS e membros do poder público que participaram da reunião.

O Conselho Federal de Psicologia (CFP), que faz parte do CNS, tem apoiado a iniciativa do Conselho Regional de Psicologia de Minas Gerais (CRP-04) que, por meio de sua Comissão de Psicologia de Emergências e Desastres, está em Brumadinho se articulando e se integrando com as políticas públicas locais para prestar o adequado apoio e assistência às(aos) atingidas(os).

De acordo com a diretora do Departamento de Vigilância em Saúde Ambiental e Saúde do Trabalhador do Ministério da Saúde, Daniela Buosi, que está na coordenação dos trabalhos de apoio às(aos) atingidas(os) pela tragédia, equipes multiprofissionais especializadas em Saúde Mental, capitaneadas pelo CRP-MG, estão trabalhando dia e noite com as famílias e as(os) trabalhadoras(es) afetadas(os).

O CFP tem acompanhado o trabalho através das psicólogas Lourdes Aparecida Machado, que representa o CFP na Comissão Intersetorial de Saúde do Trabalhador (CIST), e a conselheira Júnia Lara, que foi designada pelo plenário do Conselho Federal de Psicologia para acompanhar o caso.

Oficinas de Orientação da Psicologia em Emergências e Desastres

Nos dias 16 e 17 de fevereiro, o CFP e o CRP-MG realizarão oficinas direcionadas às psicólogas(os), conselheiras(os), membros de comissões de emergências e desastres, trabalhadoras(es) dos municípios atingidos e para a população interessada, especialmente as famílias das vítimas e sobreviventes. Ao todo, serão quatro oficinas, sendo duas delas realizadas na cidade de Brumadinho.

“São oficinas abertas à população e articuladas com as políticas públicas dos municípios atingidos pela barragem da Vale”, explicou a conselheira Júnia.

Assista a um trecho da reunião do Conselho Nacional de Saúde que ressaltou a presença do CRP-MG e do CFP: