Notícias

17/12/2018 - 14:43

Revista Ciência e Profissão sobre Avaliação Psicológica

A edição especial da revista Psicologia: Ciência e Profissão (PCP) sobre Avaliação Psicológica e 15 Anos do Satepsi já está disponível na plataforma da SciELO

A edição especial da revista Psicologia: Ciência e Profissão (PCP) sobre Avaliação Psicológica e 15 Anos do Satepsi já está disponível na plataforma da SciELO. O novo número foi impresso e lançado durante o V Congresso Brasileiro Psicologia: Ciência e Profissão (V CBP), de 14 a 18 de novembro passado, no estande do Fórum de Entidades Nacionais da Psicologia Brasileira (FENPB).

A edição faz parte de uma série de ações realizadas pela Comissão Consultiva em Avaliação Psicológica (CCAP) em alusão aos 15 anos do Sistema de Avaliação de Testes Psicológicos (Satepsi). O periódico contou com a participação da ex-editora da PCP no período de 2005 a 2010, a Professora da Universidade São Francisco Acácia Aparecida Angeli dos Santos, como editora convidada.

O periódico especial, formado por 20 artigos, também foi enviado para bibliotecas de universidades e faculdades que têm cursos de Psicologia.

Contribuições

Para o conselheiro do Conselho Federal de Psicologia (CFP), Fabián Rueda, coordenador da CCAP, é importante ter um número especial para a divulgação e celebração dos 15 anos do Satepsi, pois, segundo ele, trata-se do reconhecimento do esforço coletivo de diferentes atores da área que contribuíram para a criação e sustentação desse sistema que tanto contribuiu para a qualificação do fazer profissional da Psicóloga e da(o) psicóloga(o) como também para o avanço cientifico. “Do ponto de vista do fazer profissional, ressaltamos que o Satepsi oferece à psicóloga o apoio de especialistas na área para a avaliação e recomendação dos testes psicológicos que apresentam qualidades científicas suficientes para serem usados nos processos de avaliação psicológica”, complementa.

Também coordenadora da CCAP, conselheira Daniela Zanini, diz que a proposta do número especial também foi pensada como uma forma de reconhecer personalidades importantes da área de Avaliação Psicológica. “Por esse motivo, o número especial conta com uma parte destinada às homenagens a estas pessoas que merecem todo nosso reconhecimento e carinho não só pela história acadêmica, mas também pela dedicação ao desenvolvimento da Psicologia e da área de Avaliação Psicológica”, ressalta.

Homenagens

Editora da Revista Psicologia: Ciência e Profissão no período de 2005 a 2010, homenageada pelo periódico neste fascículo especial, a Professora da Universidade São Francisco Acácia Aparecida Angeli dos Santos relata como foi ser editora novamente na PCP no referido número.  “O convite para escrever o editorial desse número especial teve um significado especial em mais de um sentido. Primeiro, pela consideração demonstrada pela CCAP ao me fazer este chamado. Depois, também, pela grata oportunidade de retornar, por um breve período, à função que exerci entre os anos de 2005 a 2010 e encontrar na revista Psicologia: Ciência e Profissão uma equipe editorial bastante competente e preparada, que ofereceu suporte pleno em todos os momentos do processo editorial desse número especial”.

Acácia destaca que o processo de construção da edição especial ocorreu de maneira compartilhada com a CCAP, a partir de uma ampla discussão sobre a configuração que essa edição teria e com a identificação das(o) potenciais colaboradoras(es). “Os convites foram expedidos e o contato com os autores foram realizados por mim ao longo do processo editorial. Vale salientar que houve predomínio de um clima colaborativo durante todo o processo, acompanhado pela CCAP em mais de uma reunião ao longo dos meses. Foi uma experiência bastante gratificante”, complementa.

Angeli também abordou sobre a importância do Satepsi para a produção do conhecimento. Segundo ela, por esse ser um dos poucos modelos de avaliação dos testes psicológicos no cenário mundial, conforme menciona no próprio editorial do periódico, seguramente conduziu à qualificação da produção científica. Ela aponta que foi notável, nas publicações, a ampliação do uso de instrumentos com evidências de validade e estimativas de fidedignidade, usados nas coletas de dados de pesquisas de diferentes sub-áreas da Psicologia e, mesmo, de outras áreas do conhecimento.  “Tem sido perceptível a importância dada aos parâmetros psicométricos das medidas usadas nas pesquisas, aspecto que passou a ser alvo de preocupação dos investigadores. Sem dúvida, isto levou ao incremento da qualidade dos resultados obtidos, com maior sustentação para as interpretações que os escores das medidas permitiam. Esta tem sido uma importante contribuição do Satpesi que ultrapassa a qualificação do fazer profissional e, também, se estende para a qualificação do fazer ciência”, reforça.

Leia a edição especial da Revista Psicologia: Ciência e Profissão.

Confira todas as edições da Revista Psicologia: Ciência e Profissão.