Notícias

24/11/2016 - 14:11

Aborto e maternidade são tema de novo livro do CFP

Publicação online pretende fomentar debate sobre a necessidade de reflexão crítica da categoria acerca desses conceitos

O Conselho Federal de Psicologia (CFP) lança, nesta quinta-feira (24), o e-book Aborto e (Não) Desejo de Maternidade(s): Questões para a Psicologia. 

A publicação online pretende fomentar o debate sobre a necessidade de reflexão crítica da categoria sobre o conceito de “maternidade”, à luz dos estudos que descrevem e/ou registram a prevalência do abortamento na população brasileira e utilizando de métodos de pesquisa reconhecidos para lidar com a especificidade do fenômeno.

O livro, dividido em duas partes, é organizado pelas pesquisadoras Valeska Zanello e Madge Porto, integrantes do 16º plenário do CFP. O primeiro trecho apresenta sete artigos que tratam a questão do aborto sob aspectos diversos, como a atualização das estimativas de sua magnitude, a contextualização jurídica, estigmas e complicações a ele relacionados e os serviços de aborto legal no Brasil, entre outros. Já a segunda parte se dedica à discussão específica do papel da Psicologia nesse debate, com foco nos processos de subjetivação e mitificação da maternidade, além de apresentar uma leitura sobre como o tema é tratado nas publicações científicas da área.

“Com este livro, o CFP demarca um campo de discussão importante para as psicólogas e os psicólogos, não apenas porque o aborto é um problema de saúde pública que nos interpela e bate à nossa porta, mas também porque questiona (ao problematizar) as teorias que temos para lidar com o fato de uma mulher não desejar ser mãe, ou pelo menos decidir não sê-lo naquele momento. Para isso, faz-se mister uma conversação da Psicologia com outros campos epistêmicos já bem desenvolvidos no âmbito internacional, qual seja os estudos de gênero e os estudos das mulheres”, aponta Valeska Zanello.

 Clique aqui e baixe a publicação.