Notícias

04/02/2020 - 10:55

CFP realiza primeira reunião do XVIII Plenário

Na reunião, foram designadas(os) as(os) responsáveis pelas áreas, temas e comissões do Conselho

O XVIII Plenário do Conselho Federal de Psicologia (CFP) realizou sua primeira reunião plenária nos dias 31/01, 1º e 2/02, na sede da Autarquia, em Brasília (DF). As(os) novas(os) conselheiras(os) iniciaram a reunião falando das expectativas em relação ao trabalho de agora em diante.

No primeiro dia da reunião plenária, as(os) conselheiras(os) conheceram os setores e as(os) gestoras(es) responsáveis por cada área, além do funcionamento do CFP e do Sistema Conselhos de Psicologia, suas instâncias e as tarefas e responsabilidades das(os) conselheiras(os).

Também foi definido o calendário de reuniões de 2020 e designadas(os) as(os) conselheiras(os) responsáveis pelas áreas, temas e comissões do CFP.

Posse

A solenidade de posse do XVIII Plenário do CFP foi realizada no dia 14 de dezembro de 2019, em Brasília, e contou com a presença de todos os Conselhos Regionais de Psicologia (CRPs), além de entidades da Psicologia brasileira e de outros Conselhos Profissionais.

Em seu discurso de posse, a presidente do XVIII Plenário do CFP, Ana Sandra Nóbrega, falou sobre a importância da união desse grupo e da parceria com os membros que constituem o Sistema Conselhos de Psicologia. Ela reafirmou o compromisso de continuar trabalhando em conjunto com todas as entidades da Psicologia, construindo uma Psicologia plural, diversa e comprometida com o enfrentamento das desigualdades sociais. “Gratidão por chegarmos a esse momento de uma forma jamais vista na história da Psicologia brasileira. Gratidão por chegarmos a este momento unidos.”

A presidente eleita também reafirmou publicamente os compromissos que a nova gestão assumiu junto a todas as psicólogas psicólogos. “São muitos os direitos sob ataque, são muitos os direitos a defender. Não podemos e não abriremos mão dessa escolha ética, científica e política. Toda essa reflexão me leva a afirmar que, aquilo que nos permitiu chegar até aqui é o mesmo que nos possibilitará chegar e seguir em frente e exitosos ao longo dos próximos três anos. Tenham vocês votado ou não na nossa chapa, saibam que estaremos unidos, trabalhando para execução do projeto de Psicologia e de sociedade, construídos nos espaços democráticos e de participação da categoria, como os Congressos Regionais de Psicologia, os Coreps, e o Congresso Nacional da Psicologia, o CNP. Contamos com todas e todos e peço a vocês que contem também conosco.”