Notícias

19/06/2016 - 18:03

Congresso Nacional de Psicologia termina em Brasília

Com o tema “Psicologia, no cotidiano, por uma sociedade mais democrática e igualitária”, evento reuniu aproximadamente 270 pessoas de todas as regiões do país

Na tarde deste domingo (19), os (as) participantes do 9º Congresso Nacional de Psicologia (CNP) debateram e votaram todas as pautas do último e terceiro eixo de propostas (“Ampliação e qualificação do exercício profissional no Estado de garantia de direitos”), encaminhadas ao pleno pelos dez grupos de trabalho (GTs) que se reuniram na sexta (17) e baseadas nas proposições advindas dos 23 Congressos Regionais de Psicologia (Coreps) realizados no período anterior.

As proposições do Eixo 3 estão ligadas à ampliação da presença dos (as) psicólogos (as) nas políticas públicas e na sociedade de modo geral, e à construção de referências para o exercício profissional. Pela manhã, foram debatidas as pautas do Eixo 2, “Contribuições éticas, políticas e técnicas do processo democrático e de garantia de direitos”, e ontem, as do Eixo 1 – “Organização Democrática do Sistema Conselhos e Aperfeiçoamento das Estratégias de Diálogo com a Categoria e a Sociedade”.

Além da votação das propostas, foram apreciadas 49 moções (entre de apoio e de repúdio) e lançada a Articulação Nacional de Psicólogas (os) LGBT – ANP LGBT, de lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais, com vistas a barrar retrocessos no que se refere aos direitos LGBTs no Brasil.

Chapas

Ao final da plenária, a Comissão Eleitoral do 9º CNP apresentou as chapas relativas à consulta nacional para a gestão 2017/2019 do Conselho Federal de Psicologia (CFP), que acontece em agosto deste ano. As quatro chapas anunciadas foram “Cuidar da Profissão”, “Fortalecer a Profissão”, “Psicólogos em Ação” e “Renovação da Psicologia”.

Confira a cobertura e documentos do Congresso no site do evento: http://9cnp.cfp.org.br

CNP

O CNP acontece a cada três anos e possibilita a participação direta e democrática da categoria na construção da Psicologia. Para o Conselho Federal de Psicologia (CFP), é essencial que os (as) profissionais psicólogos (as) se mobilizem e participem, inclusive, das etapas de construção do evento.

O objetivo do Congresso é promover a organização e a mobilização das (os) psicólogas (os) para o desenvolvimento da Psicologia como ciência e profissão, definindo políticas nacionais a serem implementadas e/ou reguladas pelos Conselhos de Psicologia entre setembro de 2016 e setembro de 2019 e garantindo a participação direta dos (as) profissionais no processo de deliberação acerca das ações do Sistema Conselhos de Psicologia no próximo triênio. É, também, espaço de articulação para composição, inscrição e apresentação de chapas que concorrerão ao mandato do Conselho Federal de Psicologia (CFP), na gestão de 2017 a 2019.

Transmissão online

O Conselho Federal de Psicologia transmitiu, ao vivo, via internet, a plenária de abertura, assim como as plenárias de análise das propostas dos eixos do 9º CNP. Os vídeos ficarão disponíveis para acesso nos mesmos links das transmissões online:

16/06 – https://www.youtube.com/watch?v=aTf_eC9lLlI

18/06 – https://www.youtube.com/watch?v=CUA2lq_PnD0

19/06 – https://www.youtube.com/watch?v=Fh7hGwEK9ms

Leia mais

Psicólogas (os) negras (os) presentes no 9º CNP articulam grupo de ação

A Psicologia em defesa da democracia e da garantia de direitos

Acompanhe o último dia do 9º CNP

CNP inicia plenária em Brasília

Congresso Nacional de Psicologia é aberto em Brasília