Notícias

25/08/2020 - 18:38

Nota de Pesar – Eugênia Coelho Paredes

CFP lamenta falecimento da psicóloga Eugênia Coelho Paredes, que foi uma das homenageada pelo Conselho em 2018, nos 56 anos de Psicologia

O Conselho Federal de Psicologia (CFP) comunica com pesar o falecimento da psicóloga Eugênia Coelho Paredes, nesta terça-feira (25). Eugênia foi a psicóloga inscrita sob o número 0001 no Conselho Regional de Psicologia do Mato Grosso (CRP/18ª Região).

Ainda estudante da PUC-RJ, no verão de 1961, Eugênia foi professora de curso pré-vestibular mantido pelo Instituto de Psicologia. Formou-se em 1964. Cursou mestrado e doutorado em Psicologia na USP. Doutorou-se, também, em Ciências Sociais, na PUC-SP, para aprimorar seu desempenho docente na Universidade Federal do Mato Grosso (UFMT).

No final dos anos 1960, transferiu-se para Cuiabá (MT), para ensinar Psicologia na Escola Técnica Federal do Mato Grosso e no Instituto de Ciências e Letras de Cuiabá. Além da docência, Eugênia Coelho Paredes passou a atender necessidades locais na área, devido à ausência de profissionais da Psicologia, como produção de laudos judiciais, atendimento clínico e participação em grupo terapêutico no Hospital Adauto Boetlho.

Conseguiu, junto com outros colegas de profissão, abrir em Cuiabá uma delegacia ligada ao Conselho Regional de Psicologia de Mato Grosso do Sul e São Paulo. Entregou, a seguir, os primeiros documentos de identificação profissional. Foi uma das fundadoras do primeiro Grupo de Estudos em Educação e Psicologia (Gpep), com sede na sala 65 do Instituto de Educação.

Eugênia foi uma das psicólogas homenageadas pelo CFP em 2018 pela ocasião dos 56 anos de Psicologia no Brasil.