Notícias

15/07/2022 - 17:47

Sessão solene no Rio Grande do Norte marca 60 anos da Psicologia brasileira

"A Psicologia faz parte da vida de milhões de brasileiros" ressaltou a presidente do CFP durante cerimônia

Nesta sexta-feira (15), a Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte promoveu uma Sessão Solene no marco dos 60 anos de regulamentação da Psicologia no Brasil – iniciativa que se soma a diversas outras homenagens que têm celebrado a importância desta ciência e profissão.

A atividade é fruto de proposição da deputada estadual Isolda Dantas (PT) e comemora também os 15 anos de fundação do Conselho Regional de Psicologia do Rio Grande do Norte (CRP-RN).

Durante a solenidade, a deputada lamentou as quase 675 mil mortes provocadas pela Covid-19, destacando a atual conjuntura de violência institucional e política, agravadas pela crise sanitária na esteira do enfraquecimento das políticas públicas e do esvaziamento dos espaços de participação social.

Na avaliação da parlamentar, mais do que nunca, a importância da Psicologia tem sido evidenciada, sobretudo por carregar em seu código de ética profissional o compromisso com a defesa dos direitos humanos. “Ao longo das últimas décadas, a Psicologia – uma profissão com origem elitizada, que antigamente estava restrita a uma pequena parcela da população – trabalhou para se aproximar das demandas populares e reforçar seu compromisso na luta por uma sociedade mais democrática, mais justa e igualitária”, ressaltou.

Homenagens a profissionais
O evento também contou com um momento de homenagem a profissionais da Psicologia de diversas áreas de atuação. O psicólogo Rafael Ribeiro Filho, representando o CRP-RN entre as entidades agraciadas, chamou atenção para alguns temas que têm demandado esforços, como a defesa da avaliação psicológica e a presença de profissionais da categoria na rede pública de educação básica, objeto da Lei 13.935/2019. Rafael também salientou que a Psicologia, potiguar e brasileira, tem sido marcada pela pluralidade de abordagens e saberes técnicos, se reinventando conforme a realidade impõe novos desafios.

Ana Sandra Fernandes, presidente do Conselho Federal de Psicologia (CFP), pontuou que o protagonismo histórico das mulheres potiguares em diversas pautas políticas, como o direito ao voto feminino, também se reflete no compromisso da Psicologia em sua prática alicerçada na defesa dos direitos sociais.

A presidente do CFP destacou também a atuação das(os) profissionais na luta antimanicomial, no fortalecimento do Sistema Único de Saúde (SUS), do Sistema Único de Assistência Social (SUAS) e nas mais diversas áreas, como educação, esporte, trânsito, Justiça, organização do trabalho e outras. “A Psicologia faz parte da vida de milhões de brasileiros e, por isso, o nosso compromisso com a diversidade, a pluralidade, as diferenças e os diferentes. Isso é um valor do qual não abrimos mão”.

Celebrações pelo Brasil

Em diversas unidades da federação, sessões solenes têm marcado as seis décadas da Psicologia no Brasil. Até o momento, além do Rio Grande do Norte, os estados de Santa Catarina, Goiás, Rio de Janeiro, Pará e São Paulo, além do Distrito Federal, já realizaram atos solenes.

Leia mais:

Assembleia Legislativa de Santa Catarina celebra os 60 anos da regulamentação da Psicologia no Brasil com ato solene

Assembleia Legislativa de Goiás celebra os 60 anos da Psicologia