Notícias

14/08/2020 - 9:17

#Psi58Anos: CFP realiza diversas ações no marco do mês da Psicologia

Ao longo de agosto, diversas atividades pretendem valorizar a atuação da categoria e problematizar os desafios impostos a profissionais pela pandemia da COVID-19

Chegamos ao mês da Psicologia. Para marcar a data e celebrar os 58 anos da profissão no Brasil, o Conselho Federal de Psicologia (CFP) programou uma série de ações ao longo do mês de agosto. 

Serão realizados diversos diálogos virtuais, campanhas, tuitaço, enquete e lançamentos de publicações – tudo com o objetivo de reconhecer a importância da Psicologia para a sociedade, problematizar os maiores e mais recentes desafios impostos pela pandemia da COVID-19 e valorizar a atuação das(os) mais de 377 mil psicólogas(os) nas diversas regiões do país, com um trabalho orientado pelo reconhecimento das diversidades e a defesa dos direitos humanos. 

Todas essas ações estão articuladas em torno das quase seis décadas de ensino e profissão da Psicologia no país. Com o tema “Superando distâncias, conectando vidas”, a campanha desenvolvida neste ano pretende mostrar que a Psicologia, enquanto ciência e profissão, compreende a complexidade das subjetividades e suas relações com o mundo, a sociedade e a cultura. Essas conexões – profundamente afetadas com a atual crise sanitária global – impactam em diversos aspectos da saúde mental e relacionam-se com o reconhecimento dos direitos frente à ampla diversidade social e, ainda, com a luta pela democracia.

Na próxima quarta-feira (19), o CFP promove uma live para discutir a Resolução nº 3, de 24 de julho de 2020, que regulamenta, no âmbito do Sistema Nacional de Políticas Públicas sobre Drogas (SISNAD), o acolhimento de adolescentes com problemas decorrentes do uso, abuso ou dependência do álcool e outras drogas em comunidades terapêuticas. 

O diálogo virtual da quinta-feira (20), por sua vez, abordará as Interseccionalidades na prática da Psicologia, colocando em debate questões como a importância dos estudos sobre deficiências e suas contribuições para a Psicologia, os desafios para uma educação inclusiva, a prática da Psicologia nas políticas públicas em saúde e, ainda,  a atuação da categoria em temas relacionados aos povos indígenas. Para marcar o 27 de agosto, Dia da Psicóloga e do Psicólogo, está prevista a live “Psicologia 58 anos: Superando distâncias, conectando vidas”.

Para marcar o Dia Nacional da Visibilidade Lésbica, o CFP está preparando a live “Lesbianidades, saúde e violência”. A atividade encerra o mês e será transmitida ao vivo no dia 31, a partir das 16h.

Também está previsto o lançamento de um guia com orientações que visam contribuir para regulamentação, em todos os estados e municípios, da Lei nº 13.935/2019 – que dispõe sobre a prestação de serviços de Psicologia e de Serviço Social nas redes públicas de educação básica.

Outro lançamento refere-se a uma publicação que irá compilar os resultados de uma série de debates – promovidos pelo CFP e a Associação Brasileira de Ensino de Psicologia (ABEP) – sobre a importância da presencialidade para a formação em Psicologia. Em julho, um seminário nacional propôs uma ampla reflexão a partir dos debates regionais. A partir desta extensa contribuição, o  documento final servirá como orientação para as práticas e estágios no contexto da educação remota emergencial.

Valorização das(os) profissionais – Como forma de reconhecer e valorizar as contribuições de psicólogas(os) junto à sociedade, o CFP também irá realizar ações no intuito de – a partir dos depoimentos dessas(es) trabalhadoras(es) – conhecer suas realidades, seus desafios e suas experiências. O CFP pretende ainda, por meio de ação pelas redes sociais, estimular as(os) profissionais da categoria a compartilhar suas manifestações artísticas e culturais. Mais informações e orientações serão divulgadas em breve.

Confira o que já aconteceu até agora:

– Pesquisa “Condições de trabalho de psicólogas e psicólogos durante a pandemia do coronavírus“. Tem como objetivo identificar as alterações que afetaram a atuação da categoria durante a pandemia do novo coronavírus. Psicólogas(os) interessadas(os) em participar do estudo devem preencher o questionário até 30 de agosto. 

– Lançamento da Resolução CFP nº 08/2020, que estabelece normas de atuação do exercício profissional em relação à violência de gênero.

Cartilha de boas práticas para avaliação psicológica em contextos de pandemia. Oferece orientações às(aos) profissionais que atuam com a Avaliação Psicológica buscando dar continuidade às atividades inerentes ao ensino, prática e uso de testes psicológicos em tempos de pandemia da Covid-19.